Manejo Integrado de Pragas e doenças do algodão e tomate é tema de evento em Goiás

A Embrapa, em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) realizam no dia 21 de março, das 8 às 18 horas, no Centro de Convenções de Luziânia (GO), o seminário Manejo Integrado de Pragas (MIP) e Doenças (MID) das culturas do algodão e tomate. O objetivo é capacitar técnicos na produção sustentável para uma tomada de decisão adequada no manejo das culturas do algodão e tomate.

O evento é resultado de uma cooperação técnica firmada mês passado entre as duas instituições e prevê uma série de atividades ao longo de 2019. Também estão previstas ações voltadas para as culturas do milho e da soja, Manejo sustentável dos solos em cultivos do Cerrado, Manejo dos sistemas agrícolas irrigados, agroecologia, Curso de Formação de Responsáveis Técnicos e Auditores da Produção Integrada de Feijões e Pulses, entre outras. Este já é o quarto ano da parceria, entre a Embrapa e o Crea-GO, que tem promovido uma série de ações por todo o estado, entre elas, workshop, seminários e dias de campo.

No período da manhã, a programação contará com uma palestra sobre Manejo Integrado de Doenças (MID) da Cultura do Tomate, a ser ministrada pela pesquisadora Mirtes Freitas Lima e outra sobre Manejo Integrado de Pragas (MIP) da Cultura do Tomate, a ser proferida pelo pesquisador Miguel Michereff Filho, ambos da Embrapa Hortaliças.

À tarde, o pesquisador da Embrapa Algodão Luiz Gonzaga Chitarra vai falar sobre Identificação e Controle das Doenças do Algodoeiro. Posteriormente, o agrônomo Alexandre Igor Pereira, do Instituto Federal Goiano apresentará a palestra sobre Manejo Integrado de Pragas (MIP) da Cultura do Algodão. A última palestra do seminário, com o tema Tecnologia de Aplicação será exposta pelo agrônomo André Luiz Cristino Ribeiro.

O evento conta com o apoio da Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-GO), Sindicato Rural de Goiás, Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Instituto Federal Goiano (IFG), Prefeitura de Luziânia e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As inscrições para o seminário devem ser efetuadas no site do Crea-GO. O investimento é de um quilo de alimento não perecível. Mais informações: (62) 3221-6282, (62) 3221-6269 ou (62) 3221-6251.

Fonte: Página Rural