Nova presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

A deputada Tereza Cristina (DEM/MS) é a nova presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária. Ela assume o lugar de Nilson Leitão (PSDB/MT). O deputado deixou o cargo para liderar o partido na Câmara dos Deputados.
A nova presidente incluirá políticas públicas eficientes ao  agronegócio, como o financiamento à produção e novas fontes de renda aos produtores. “O principal objetivo é reduzir a dependência do crédito agrícola e dar mais estabilidade e fôlego ao setor produtivo”, enfatiza. “O que garantirá o abastecimento e a segurança alimentar de milhares de brasileiros diariamente”. completa.
A deputada priorizará a modernização das leis  sobre defensivos agrícolas, licenciamento ambiental e aquisição de terras por empresas brasileiras. “Só é possível garantir segurança jurídica e competitividade ao setor se buscarmos modificar a legislação atual.Essa não acompanhou os avanços conquistados ao longo dos anos. São leis defasadas e que travam o desenvolvimento social e econômico do Brasil”, assegura a nova presidente.

Histórico da nova presidente

Antes de se candidatar à Câmara dos Deputados, a engenheira agrônoma, graduada pela Universidade Federal de Viçosa (MG), foi cotada para concorrer ao governo de seu Estado. No Mato Grosso do Sul, ocupou como gerente-executiva quatro secretarias: Planejamento, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo. No último ano, foi a líder do PSB na Câmara dos Deputados.
Segundo a FPA. durante a gestão da agrônoma, o MS cresceu nas exportações de carne e obteve o certificado de área livre de febre aftosa. Na área industrial, foram abertas 14.278 novas empresas, com geração de 178 mil novos empregos. O salário médio do Estado subiu de R$ 1.195,00, entre 2007 e 2012, para R$ 1917,00. Outro destaque foi o crescimento do Pantanal, que ganhou o selo de Melhor Destino de Turismo Responsável do Mundo.

Fonte: Olhar Agro e Negócios