AENDA contrata Gerente de Regulamentação Estadual

O engenheiro agrônomo Luis Carlos Ribeiro é o novo gerente de regulamentação estadual da AENDA. Natural do Rio de Janeiro, Ribeiro é formado pela Universidade Federal e Rural do Rio de Janeiro, pós-graduado em Sistemas de Registros para Diferentes Produtos e Gestão e Auditoria Ambiental e mestre em Defesa Vegetal na Universidade Federal de Viçosa (UFV), Minas Gerais.
Ribeiro sempre atuou no setor da indústria de defensivos agrícolas nas áreas de vendas e assistência técnica, desenvolvimento e registro de produtos.
Entre as empresas de seu currículo, destacam-se Shell Química do Brasil, Chevron do Brasil, Rhodia Agro, Cyanamid Química do Brasil, BASF e Oxíquimica. Ele também foi proprietário do Escritório de Consultoria em registros de produtos ACTYVA BR. Nos últimos anos, sua atuação foi na ANDEF – Associação Nacional de Defesa Vegetal e no Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg).
O novo gerente de regulamentação estadual da Aenda também atuou na academia. Foi coordenador do Curso de Proteção de Plantas junto à UFV; coordenador do Curso de Especialização em Segurança de Produtos Fitossanitários para Técnicos Agrícolas e Profissionais de Curso Superior, junto ao IAC e à UFV; e professor do curso MBA em Fitossanidade junto ao IAC de Campinas e ANDEF – SP.
O executivo é um dos editores do livro Defesa Vegetal Fundamentos, Ferramentas, Políticas e Perspectivas e dos três livretos técnicos QR LIVRO, onde constam informações sobre diferentes pragas para diversas culturas; organizador do Livreto Defesa Vegetal – Pesquisar Para Conhecer. Conhecer Para Manejar; e um dos autores do aplicativo de celular DEFESA VEGETAL, que consta informações das principais pragas em um conceito geral de ocorrência no país.
Para Tulio Teixeira de Oliveira, diretor executivo da Aenda, a contratação de Ribeiro é extremamente importante para a associação. “O Brasil tem uma dimensão que exige fiscalização diversificada. Assim, cada Estado tem sua legislação e ele é um dos raros profissionais da Agronomia que tem perfil e conhecimento para assumir um cargo desta responsabilidade e envergadura.”

 

*com informações do Sindiveg
Foto: Arquivo pessoal